10 de set de 2009

Para Nina

Hoje acordei com vontade de gritar.
Bem alto para todo mundo ouvir.
Um grito carregado de sentimento, com voz rouca e estrondosa.
Com a certeza da vida maravilhosa.
Com a consciência da verdade em meu pensamento.
Quero berrar com todo o ar dos meus pulmões.
Com a força que faz meu sangue pulsar.
Com a intensidade dos meus pensamentos loucos.
E os desafios que a vida me impõe aos poucos.
Te amar é tudo que quero.
Você é tudo que desejo.
Por você eu despejo todo meu amor.
Em litros, aos poucos.
Em gotas.
Em boas doses.
Em doces sabores.
Com a simplicidade de uma criança.
EU AMO VOCÊ.